>MOTIVOS PARA AÇÃO

julho 13, 2009

>Em uma caminhada em Brasília para alugar um apartamento, encontrei D. Glaucia. Alegre e do alto dos seus 65 anos, ela nos contou a sua saga.

Segundo D. Glaucia, nos idos de 1954, aos 10 anos de idade, ela pediu à mãe, uma sandália Havaiana, o conhecido Chinelo, mas em um ambiente palperrimo, a pobre mãe lhe negou tal presente.

Cabe registrar que o pedido foi feito, porque a filha do prefeito usava uma Havaiana, então ela fez o pedido à sua mãe, a qual ajudava nos trabalhos da “Roça”, porém não recebia pagamento algum.

Como pode se dar tal frustração na cabeça de uma criança? poderíamos esperar o que sempre acontece, o conformismo diante das imensas barreiras, como estar em uma cidade de interior, e não é qualquer interior, é o interior da Bahia, terra inóspita, longe, rude, implacáavel. Bem, ela reagiu e, com determinação, bradou – “Então vou-me embora, pois quero ter minha Havaiana”.

aquele tempor não havia a lei “ECA” e assim, consegui uma família que a trouxe como Babá para Brasília. Dai constituiu a sua família, teve quatro fílhos, dos quais, três cursaram o superior, e atualemente cria uma neta.

Tudo que D. glaucia queria, ela consegui, e pesar que o início foi um par de Sandálias Havaianas.

Você ja descobriu qual é a sua Havaiana?

Anúncios