CONGRESSO SET

agosto 23, 2011

PAINEL CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL
Copa 2014 e Olimpíadas: Há mão-de-obra qualificada e em formação?
=>português.
=>sala 4

CRISTOVAM
SET/ UNISAT/ UFF
Copa 2014 e Olimpíadas 2016: há mão de obra qualificada ou em formação? Como vencer os desafios?
O tempo urge! Estamos a menos de 3 anos da data de abertura da Copa de 2014 no Brasil, temos um prazo curto para cumprir os compromissos assumidos e pouca disponibilidade de recursos humanos capacitados.
Mas não são apenas os megaeventos esportivos que demandarão esses recursos. A implantação da TV Digital, cujo switch-off está previsto para 30 de junho de 2016, apresenta múltiplos desafios para todos os envolvidos, principalmente em relação ao cronograma de ampliação pelo território nacional.
Novos conhecimentos e habilidades estão sendo exigidos, competências específicas e postos de trabalho não previstos até então. Toda a indústria do audiovisual, assim como das telecomunicações, da internet e de TI estão em busca de profissionais para os novos ambientes de trabalho.
No desenvolvimento deste painel, os palestrantes apresentarão as suas visões e debaterão os caminhos para a formação de mão de obra que possa atender as demandas dos próximos cinco anos no Brasil.

O caso de capacitação profissional numa empresa do Sistema Público de Televisão
Arnaldo César – ACERP – Diretor Presidente
O caso de capacitação profissional numa empresa do Sistema Público de Televisão: Desde 2009, a Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto – ACERP – vem se esforçando para qualificar os seus quadros profissionais. Neste período mais de 220 colaboradores frequentaram cursos de pós-graduação ou de extensão em TV Digital fornecidos pelo CEFET/RJ ou pela Universidade Federal Fluminense. Boa parte dessas aulas foram – ou estão sendo – ministradas dentro das próprias dependências da ACERP por professores daquelas duas instituições. Será demonstrado o impacto dessa iniciativa na vida da ACERP, uma instituição-auxiliar à Empresa Brasil de Comunicação – EBC – e ao esforço de seu implantar no País um Sistema Público de Comunicação.

Profissionalismo, Demandas e Grandes Desafios – Visão do CPqD
Luiz Del Fiorentino – CPqD – Centro de Pesquisas e Desenvolvimento
Juliano Castilho – CPqD
O CPqD abordará de maneira objetiva o questionamento geral quanto a existencia ou não de mão-de-obra qualificada e em formação, de maneira a atender com profissionalismo as demandas do setor para os grandes desafios, como a interiorização da TV Digital e os eventos internacionais a serem realizados no Brasil até meados de 2016.
Apresentará reflexões dos fatores-chave para o sucesso da Copa de 2014, Olimpíadas 2016, e também para o futuro do País, sejam para profissionais e para instituições. Tais fatores, na era do conhecimento e da inteligência colaborativa, são inovação, empatia, significado, motivação e novo paradigma para a liderança.
Na conclusão, será dado ênfase na importância de que a liberdade e a disciplina precisam caminhar juntas.

Nordeste do Brasil-Desafios na Formação e Capacitação de RH
Alcione Alves – Faculdade Mauricio de Nassau – Recife – Pernambuco
A realização da Copa do Mundo de Futebol em 2014 no Brasil está exigindo e vai exigir mais ainda grandes investimentos em todas as atividades econômicas do Brasil tanto nas áreas desportivas quanto nas de infra-estruturas de suportes ao Mega Evento como também nas Instituições de Ensino para formação de profissionais para atender a demanda ocasionada pelo evento.
A Faculdade Mauricio de Nassau, a maior Instituição de Ensino privado do Nordeste, ciente de seu papel de formadora de profissionais para o todo o mercado de trabalho, estruturou-se prontamente para atender mais esse desafio e elaborou todo um programa de implantacão de cursos, eventos e projetos específicos para as atividades inerente da Copa do Mundo de Futebol de 2014.
O Campus da Mauricio de Nassau que abrange quase todas as capitais do Nordeste, tem unidades em todas as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 na região do Nordeste, quais sejam: Fortaleza, Natal, Recife e Salvador.
Em Radiodifusão e Televisão a Mauricio de Nassau está implantando o curso de Pós Graduação em TV Digital para formar especialistas nessa área, não só para a Copa do Mundo, mas também para atender a demanda desse mercado na implantação da regionalização da TV Digital nas Retransmissoras das Redes de Televisão nas cidades do interior do País.

Processos Interativos na Formação de Mão de Obra Qualificada para Eventos Futuros
ADEMIR DE JESUS LOURENÇO – FUCAPI – Manaus – AM
A Fucapi. Manaus como sede da Copa 2014
Mão de obra em formação X Mão de Obra Necessária, o papel da Fucapi nesse contexto.
O caminho da Interatividade no processo de aprendizagem, o que pode ser realizado, a nossa experiência. Desafios imediatos e futuros

Contextualização e casos do SBTVD – Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre
GILSON JOEL FERNANDES – CONSULTORIA ALVES E FERNANDES
Será contextualizada a situação da pesquisa por meio da exposição de casos recentes no contexto do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre – SBTVD e IPTV , envolvendo a análise por mais de um ponto de vista. E com adequada interpretação, discutirá as consequências da “revolução digital” e novas possibilidades advindas. A conceituação de valor agregado no âmbito do setor, suas características e janelas de oportunidades serão pontuadas. E a despeito das barreiras, será apresentado o panorama brasileiro da pesquisa, com dados e ferramentas recentes de geoprocessamento, e o fenômeno das redes sociais como fonte de informações

Processo de Desenvolvimento de RH para o Setor
Luiz Fernando Taboada – Universidade Federal Fluminense – Niteroi – RJ
A abordagem contempla o processo de desenvolvimento de recursos humanos idealizado originalmente pelo governo federal, a iniciativa da Universidade Federal Fluminense na formulação de um planejamento visando a capacitação de profissionais na área como instituição de nível superior, as demandas que têm pontuado o mercado e o redirecionamento para outros conteúdos e as estratégias para recuperação do tempo perdido